Twingo clássico convertido para elétrico será um carro por assinatura barato

Empresa francesa promete lançar o serviço no ano que vem

O Renault Twingo, em sua primeira geração, estará de volta às ruas francesas quase como um modelo 0 km no ano que vem. A iniciativa, entretanto, não é da montadora mas sim de uma empresa francesa independente, chamada Lormauto. que quer transformar o já clássico monovolume dos anos 90 em um carro elétrico, via retrofit, e oferecê-lo por uma assinatura mensal de apenas 100 euros (R$ 523).

Em seu site a empresa defende que devemos “mudar para elétricos sim, mas não de qualquer maneira” e explica que seu princípio é o de que “quando entendemos as questões relacionadas à matéria e à energia, percebemos que uma das prioridades da transição energética é parar de jogar nossos carros fora. Não se joga fora um carro como se joga uma camisa. Acreditamos que existe outra forma de projetar, mais sustentável, mais qualitativa e mais respeitosa com o meio ambiente”.

Dentro desta lógica, prossegue a Lormauto, “construímos carros novos modernizando os veículos leves que já existem na frota nacional. E nosso primeiro modelo é um Twingo: ele requer pouco material e energia. Para modernizá-lo nós fazemos um ‘retrofit’, ou seja, substituímos seus componentes térmicos por elétricos. A utilização de um veículo elétrico polui significativamente menos do que um gasolina ou diesel, e esta operação nos permite prolongar consideravelmente a vida útil dos veículos”.

De acordo com a empresa, citando a Agência Francesa de Transição Ecológica, o processo de eletrificação de um veículo já existente emite 47% menos CO2 em comparação com a produção de um veículo elétrico novo.

“Quanto mais tempo seu carro durar menos você poluirá”, defende a Lormauto. “Mas isso não é motivo para dirigir um carro velho”, prossegue o texto de apresentação da companhia: “É por isso que também refazemos os interiores, com materiais de baixo impacto e qualidade, prontos para durar muito tempo”.

O objetivo da Lormauto é oferecer os Twingo elétricos não só por um preço baixo, mas também dentro de um sistema extremamente acessível. A tarifa mensal, de 100 euros, seria possível graças a incentivos oferecidos pelo governo francês; sem eles o valor seria o dobro, 200 euros, ainda assim um custo competitivo. Além disso o plano de assinatura não terá prazo mínimo nem restrição de quilometragem, toda a manutenção do carro estará inclusa e o primeiro mês de uso será gratuito.

A empresa participou recentemente do Salão de Paris, onde foram revelados alguns dados técnicos do modelo: a bateria é de 16 kWh, dividida em quatro módulos para facilitar enventuais manutenções (e instalados embaixo dos bancos dianteiros e traseiros) e o motor, fabricado pela Dana na Itália, tem 38 kW. Estima-se autonomia de 120 km (ciclo WLTP). O processo de retrofit é realizado na própria França.

A expectativa da Lormauto é lançar o carro e seu sistema de assinatura no início do segundo semestre do ano que vem, quando, calcula, já terá pelo menos 100 Twingo renovados em sua frota.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s