Renault atrasa entrega do Kwid E-Tech e irrita compradores da pré-venda

Primeira previsão apontava que clientes receberiam o carro a partir de agosto

A entrega do Kwid E-Tech aos consumidores brasileiros atrasou. O fato tem causado frustração e irritação nos clientes que adquiriram o modelo em sistema de pré-venda, pois alguns deles já aguardam mais de seis meses para receber o subcompacto 100% elétrico da Renault.

Em 14 de abril a Renault abriu o sistema de pré-venda do modelo no Brasil. Em 14 de junho, exatamente dois meses depois, a montadora anunciou que todas as 750 unidades disponíveis do primeiro lote haviam sido reservadas. Os clientes pagaram um sinal de R$ 999 para garantir a compra.

Na época a Renault informou que os veículos seriam entregues a partir do mês de agosto.

Em 4 de agosto a montadora anunciou que o primeiro lote de Kwid E-Tech já havia desembarcado no Brasil, o que aumentou a ansiedade pelo recebimento dos veículos por parte dos compradores da pré-venda.

Porém, de acordo com relatos de alguns destes consumidores ouvidos pelo Use Elétrico, no fim de agosto a Renault enviou um comunicado informando que a entrega do carro havia sido adiada para 10 de outubro. O lançamento oficial do modelo ocorreu em 5 de setembro, em um evento em São Paulo.

Na ocasião a montadora revelou estratégia de contar com ao menos uma unidade do Kwid E-Tech em cada uma de suas concessionárias para test-drive – são, segundo o anuário da Anfavea, 272 casas pelo país. O presidente da Renault, Ricardo Gondo, aproveitou a oportunidade para anunciar desejo de que “o primeiro test-drive de um brasileiro em um carro elétrico seja em um Kwid E-Tech”.

Na prática, porém, isso não está acontecendo – pelo menos neste momento. Segundo alguns compradores do modelo em pré-venda relaram à reportagem, não só os veículos não foram entregues até a segunda data informada (10 de outubro) como as unidades disponíveis para test-drive nas concessionárias foram recolhidas.

Os compradores reclamam principalmente que a Renault não forneceu uma nova data para a entrega dos veículos, mesmo com pedidos insistentes por parte dos clientes – e apesar da montadora contar com um canal de atendimento exclusivo para o Kwid E-Tech. “Não nos informam nada”, desabafou um deles, que solicitou anonimato.

Ainda de acordo com esses consumidores as concessionárias informam que os carros foram “bloqueados” para resolução de um problema técnico que, segundo as lojas, não tem relação com o sistema de propulsão elétrica do veículo.

A reportagem do Use Elétrico visitou na tarde da sexta-feira (28/10) duas concessionárias da Renault em São Paulo e pode confirmar as informações dos consumidores. Em nenhuma das duas havia um Kwid E-Tech exposto no showroom e nem era possível realizar um test-drive com o modelo.

Em uma delas o vendedor informou que o carro de test-drive chegaria “amanhã”, pois estaria em uma loja da mesma rede no interior do Estado. Em outra o vendedor, espontaneamente, relatou que o carro que estava disponível para test-drive foi recolhido à oficina para “correção de um problema”, mas não soube precisar qual.

O Use Elétrico procurou a Renault, que por meio de sua assessoria de comunicação admitiu tanto o atraso na entrega quanto a realização de um serviço técnico no modelo, mas sem indicar qual. Em nota, a empresa afirmou que “as entregas dos Kwid E-Tech estão normalizadas. A mudança na data de entrega se deu em função da necessidade de substituição de uma peça, não ligada à tecnologia E-Tech 100% elétrica, que nos foi informada por um fornecedor”.

A nota da Renault complementa dizendo que “a decisão de entregar os veículos somente após a atualização necessária reitera e comprova o compromisso da Renault do Brasil em proteger e dar total tranquilidade aos nossos clientes. Pedimos desculpas por eventuais transtornos gerados”.

Segundo dados obtidos pela reportagem junto a fontes de mercado, até ontem (27/10) foram emplacados somente 73 Kwid E-Tech em outubro. No acumulado até setembro foram outras 230 unidades: na soma total, portanto, há até agora apenas 303 Kwid E-Tech emplacados no Brasil.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s