Prévia de novembro: Volvo XC40 lidera nos elétricos e Tiggo 5X nos híbridos

Mês no geral foi bom em vendas de eletrificados, acima de 5 mil unidades

O mês de novembro foi bom em vendas de eletrificados no geral, recuperando-se da ‘ressaca’ de outubro, quando o volume foi de 4.455 unidades, em redução ante o recorde histórico de setembro, de quase 6,4 mil, este puxado por emplacamentos antecipados de olho no prazo final de mensuração de melhoria da eficiência energética do Rota 2030 por montadoras e importadores.

Segundo dados preliminares obtidos pela reportagem do Use Elétrico, em novembro foram emplacados pouco mais de 5 mil unidades de automóveis e comerciais leves eletrificados, retomando um padrão mais normal de mercado mas sempre confirmando uma tendência de alta constante. É possível, inclusive, que novembro se configure como o segundo melhor mês em vendas de eletrificados neste ano, atrás apenas justamente de setembro.

Nos elétricos o total deverá ficar pouco acima das seiscentas unidades, em resultado próximo ao de outubro, de 634. O grande destaque do mês foi, novamente, o Volvo XC40, que sozinho fez 260 emplacamentos no mês passado.

O segundo colocado, segundo os dados prévios, foi o Kwid E-Tech, com 90 emplacamentos, mostrando que a Renault, mesmo que lentamente, está conseguindo se livrar do atraso na entrega do modelo devido a um serviço técnico. Na terceira posição aparece o Nissan Leaf, com 62 unidades, fruto do lançamento da nova linha 2023. Mini Cooper SE, com 48 emplacamentos, também foi destaque, na quarta posição.

Na outra ponta as decepções do mês foram o Caoa Chery iCar, assim como em outubro, com somente 13 unidades emplacadas, e o BYD Tan, igualmente com 13. Ainda que exista um abismo entre os dois modelos em tamanho e preço, o resultado do BYD pode ser considerado fraco porque a marca acaba de inaugurar sua décima-quarta concessionária no Brasil – ou seja, ao menos em novembro foram vendidos menos de um Tan por concessionária.

Porém, se lamenta o resultado nos elétricos, a Caoa Chery tem o desempenho dos híbridos para celebrar. Pela primeira vez na história o Tiggo 5X Pro Hybrid foi o modelo mais vendido do segmento em um mês, com pouco mais de 1 mil unidades emplacadas, batendo os líderes Corolla Cross, com 750, e Corolla sedã, com 630. Outros híbridos da Caoa Chery também foram bem em novembro: o Tiggo 7 teve 345 unidades vendidas e o Tiggo 8 mais 150.

É preciso observar, entretanto, que de acordo com dados divulgados pela Bright Consulting, mais de 70% das vendas do Tiggo 5X Pro e do Tiggo 7 híbridos foram em modalidade direta, ou seja, comercialização de lotes grandes para frotas, como locadoras.

Também de acordo com a consultoria a participação dos modelos eletrificados nas vendas totais no Brasil atingiu 2,3% em novembro, mantendo o nível observado nos últimos meses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s