Volvo XC40 e C40 ganham inédita versão somente com tração traseira

Modelos ainda tiveram motorização elétrica aperfeiçoada e aumento de autonomia

Iguais por fora mas diferentes por baixo da carroceria. A matriz da Volvo Cars na Suécia anunciou nesta segunda-feira (16/1) um pacote de atualizações mecânicas para o XC40 Recharge e o C40 Recharge, que em comparação com o modelo anterior ganharam até 60 quilômetros em autonomia e outras novidades.

A maior delas é que agora as versões com um motor elétrico (Single Motor) têm agora opção de tração traseira, ao contrário do que ocorria até agora, apenas dianteira. É a primeira vez em 25 anos que a Volvo oferece modelos com essa configuração.

Além disso o motor elétrico destes modelos é novo e foi desenvolvido internamente na Volvo Cars.

Para Javier Varela, diretor de operações e vice-presidente executivo, “essas atualizações são outro grande passo em nosso trabalho para nos tornarmos uma montadora totalmente elétrica até 2030. A autonomia e os tempos de carregamento são novos fatores-chave para conquistar cada vez mais clientes, e essas melhorias tornam nossos modelos totalmente elétricos ainda mais atraentes do que já eram”.

O novo motor tem 175 kW, 3% mais potente que a versão com tração dianteira, de 170 kW. A bateria é a mesma, de 69 kWh, mas melhorias na eficiência de refrigeração elevaram a autonomia de 425 km para 460 km no caso do XC40 e de 438 km para 476 km no C40 (ciclo WLTP), segundo a fábrica. A recarga de 10% a 80% leva aproximadamente 34 minutos em um carregador de 130 kW DC, calcula a Volvo.

Outra novidade é uma versão Single Motor com motor mais potente e bateria maior, Neste caso são 185 kW de potência no eixo traseiro e bateria de 82 kWh, obtendo autonomia de até 515 quilômetros para o XC40 e até 533 quilômetros para o C40 (WLTP).

Aqui também a potência de carregamento melhorou, pois a bateria maior permite carregar a uma taxa máxima de 200 kW DC (anteriormente 150 kW DC no máximo), com recarga de de 10% a 80% em 28 minutos.

A lista de mudanças não para por ali. A versão com dois motores elétricos (um em cada eixo, Twin Motor) também recebeu importantes alterações. A configuração anterior de dois e-motores de 150kW nos eixos dianteiro e traseiro foi substituída por um de 183 kW desenvolvido internamente no eixo traseiro e um de 117 kW no eixo dianteiro.

Combinada com a bateria de 82 kWh e melhorias na eficiência no resfriamento da bateria, o XC40 Recharge Twin Motor AWD agora pode percorrer até 500 quilômetros com uma única carga, aumento de 62 quilômetros em relação à iteração anterior. O alcance do C40 Recharge Twin Motor AWD aumentou de 451 quilômetros para 507 quilômetros (WLTP).

Leves atualizações externas também ajudam a melhorar a eficiência: uma nova roda de liga leve de 19 polegadas para o XC40 e o C40 também ajuda a reduzir o arrasto por meio de um design mais aerodinâmico, informa a Volvo.

Melhorias também em outros modelos, os híbridos plug-in séries 90 e 60: um novo carregador interno bifásico permite que esses modelos carreguem a uma taxa mais rápida, quase dobrando a capacidade máxima de carga, que agora chega a 6,4 kW.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s